segunda-feira, 29 de março de 2010

Mochilão!! Bolívia - Chile

Pessoal, abaixo o roteiro completo que montei para a viagem em Abril de 2009.

Criei usando alguns links, e frases de forums que pesquisei, com os respectivos links.
Desculpem a correria... espero que ajude, qqr coisa me escreva!!

bjs
Neli



Roteiro Viagem Chile  Abril/2009

Pré requisitos:
1-    Cédula de Identidade com data de emissão menor que 10 anos ou Passaporte
2-    Vacina contra Febre-Amarela com Certificado Internacional de Vacinação.
3-    Fazer reserva hostel – La Paz, San Pedro, Santiago (Sta Cruz, Copacabana)
Intinerário:

1° Dia (12/04/2009): São José dos Campos – Araçatuba
•    Sair 17h de sao jose
Rota de carro para Campo Grande – MS
486 km – aprox. 6 horas 56 minutos

2° Dia (13/04/2009): Araçatuba  –  Campo Grande - Corumbá / Porto Soarez
•    Sair de Araçatuba 9h da matina.
Rota de carro para Campo Grande – MS
486 km – aprox. 6 horas 56 minutos
•    Rota de carro para Corumbá – MS
424 km – aprox. 6 horas 2 minutos
Campo Grande Corumba 19:46 Diário Viacao Andorinha www.andorinha.com
6063 17:30 23:25 39 77,00 CONVENCIONAL 
•    ~240 Reais Total

3° Dia (14/04/2009): Corumbá / Porto Soarez - Santa Cruz de la Sierra
Na Bolívia, o Trem da Morte
Chegando lá o ônibus deixa os passageiros na sede do Ministério do Governo boliviano, que só abre às 9h. Lá também se compra a passagem no famoso trem da morte para Santa Cruz de la Sierra. É necessário ter o visto para atravessar a fronteira, e o jeito é esperar um pouquinho até o Ministério abrir, tirar o visto, e aí se dirigir ao guichê de venda de passagens ferroviárias, que funciona a partir das 8h30.
O trem sai de Porto Soarez às 15h com destino à Santa Cruz, chegando lá às 10h do dia seguinte.
Quando for pegar o trem para Stª Cruz de La Sierra/Bolívia e tiver que ficar hospedado em algum lugar para o dia seguinte e quiser ficar perto da estação ferroviária (Puerto Quijarro), uma boa alternativa é ficar no Hotel San Silvestre, que está localizado na Av. Naval s/n e custa aproximadamente 40,00 Bolivianos (US$ 5)... quebra um galhão!!!
40 U$

4° - 5° Dia (15/04/2009) e 16/04/2009: Santa Cruz de la Sierra –
Chegada 10hs da matina do dia 15 – saida noite do dia 16/04
Principais pontos:
•    Samaipata: também chamada de El Fuerte, é um conjunto de entalhes em rocha, de origem pré-incaica, com mais de 200m de comprimento por 60m de largura, e ainda indecifrada. Na região há ainda várias cavernas pintadas e uma depressão conhecida por El Hueco, cuja função ainda não foi compreendida pelos arqueólogos. O local é tombado Patrimônio Cultural da Humanidade, pela UNESCO.
Samaipata
Onde morreu Ernesto Che Guevara. O local de exuberante natureza, tem um museu arqueológico e o turismo explora a "Rota de Che". (Leia reportagem da revista Veja, publicada em 1997, para saber um pouco mais sobre a cidade e o mitológico Che).
•    Espejillos: cataratas a 40 km da cidade.
•    Porongo: a 18 km da cidade, às margens do rio Piraí, é um povoado que conserva as características originais da região de Santa Cruz.
•    Dunas do Palmar: (ou Lomas de arena), a 16 km ao sul da cidade, as dunas têm, em sua base, lagunas de água cristalina. NAO
•    Plaza 24 de Setiembre:  Casa da Cultura, o Palácio do Governo e alimentação. (Próximo à Praça 24 de setembro existe vários restaurantes. Se quiser comer uma comida normal de fest food, vá até o pollo Chuy no qual o prato com frango custa de 13 a 18 bolivianos. Mas se estiver com saudades de uma comidinha brasileira, procure perto da igreja metropolitana o restaurante da Tia Léia. Custa 25 bolivianos e nos faz matar um pouco a saudade de comer uma feijoada, por exemplo.)
Hoteis:
•    Econômico:
Sirari, Los Claveles 497, Sirari, tel: (591-3) 342-0739
•    Médio:
Tropical Inn, España 351, tel: (591-3) 334-6666
Libertador Simón Bolivar, Buenos Aires 119, tel(591-3) 335-1235

Se você for a Bolívia e tiver oportunidade não deixe de conhecer Sta. Cruz, a cidade é linda tem um centro da época colonial bem conservado e tem baladas fortíssimas!!! Especialmente no 'Equipetrol' um bairro com dezenas de bares e danceterias para todos os gostos...
 ( http://wikitravel.org/pt/Santa_Cruz_de_la_Sierra  e http://www.ofenomeno.com/sccocha.htm )
Santa Cruz é a cidade mais cara da Bolívia !!!   Melhor Empresa de ônibus é a Trans Copacabana que tem 3 filas de acentos cama e vai de Santa Cruz direto a La Paz e custa entre 130 e 150 bolivianos. 
Os ônibus direto p/ La Paz saem a partir das 16:00 (ai não precisa passar por Cochabamba)  Bus cama pra Cochabamba custa 60 bolivianos.  Não tem banheiro !!!  Comprar Sorochepills !!!!!
    U$40

6° Dia (17/04/2009): Santa Cruz de la Sierra – La Paz – Copacabana

Obs.: Na chegada a La Paz deve-se ter o máximo de cautela devido a altitude. A falta de ar é sentida de imediato com a presença de uma constante dor de cabeça. Qualquer esforço físico, como subir alguns degraus de uma escada, causa um grande cansaço. O chá de coca é bastante recomendado. Pode-se também mascar umas folhas como fazem os nativos.
Seguir de ônibus de La Paz até Copacabana (5hs). Chegada Copacabana 18-04 a noite.
O próximo passo da aventura é ir à Copacabana, uma pequena e encantadora cidade boliviana situada à beira do lago Titicaca. O ônibus sai em frente ao cemitério de La Paz, a passagem custa entre 10 e 15 bolivianos e a viagem dura 3 horas. 
Um albergue agradável em Copacabana é o "Imperador", que fica próximo à pracinha central e custa apenas 8 bolivianos. Por mais 8 bolivianos é possível tomar um ótimo café da manhã com pães, ovo, vitamina, café com leite e geléia no próprio albergue.
  Para jantar Av.6 de Agosto é a melhor rua.
A partir de Copacabana é possível fazer um passeio para as Ilhas do Sol e Ilha da Lua, onde vale a pena passar um dia.
U$5

7º Dia (18/04): Copacabana – Ilha do Sol
Não esqueça de ir também à Ilha do Sol: é preciso ir até o porto e alugar um barco por 20 bolivianos. O percurso demora 3 horas até o lado norte. Lá existe um vilarejo chamado Challapampa e também um pequeno museu retratando a história local, além de ruínas. Vale a pena pernoitar por lá, pois o céu é um dos mais estrelados que eu já vi. A população local aluga quartos por preços baixos, por volta de 8 bolivianos e há restaurantes na ilha. Há uma lenda que diz que aqueles que bebem a água da fonte da eterna juventude (que fica na Ilha), mantém-se jovens para sempre. Vale a pena arriscar!
  Lado boliviano do Lago Titicaca  - De Copacabana partem lanchas de transporte coletivo para a Ilha do Sol. A lancha sai todos os dias as 8:00h e 13:30h e leva em torno de 1,5 hora de viagem (11 km). O passeio na Ilha dura em torno de 3 horas. Eu recomendo ficar na Ilha e regressar no dia seguinte. ATENÇÃO:  Pra ir pras Islas não se precisa de agência !!!   Basta ir até o lago e comprar direto na cabine de venda (as agência fazem isso).  Se paga 5 bolivianos pra entrar na Isla del Sol.  Pago no local.
Dormir dia 18 para 19
Total: U$10
> Dia 19  a noite voltar para La Paz

8° Dia (19/04/2009):  Copacabana – La Paz
19 e 20
A passagem custa entre 10 e 15 bolivianos e a viagem dura 3 horas.Para quem for para a Bolívia, não use La Paz apenas como passagem, a cidade é show e merece ser visitada.
O Hotel Torino é o melhor de todos e fica em um prédio construído em 1626 e com um lindo restaurante que cobra somente 15 bolivianos o almoço.  Fica colado na Plaza Murillo que é linda. O quarto pra uma pessoa e banho privado sai a 50 bs.  Hostel Copacabana, Av. Illampu 734. O quarto pra uma pessoa e banho privado - com Café da Manhã sai a 64 Bs.                           
Escrevo para divulgar um hotel existente em La Paz - Bolívia, hotel El Carretero na rua Catacora 1056, entre as ruas Yanacocha e Junin. Esse hotel é muito bom e famoso entre os turistas que conheci. Lá encontrei pessoas de todo mundo. O ambiente é muito familiar, preço econômico, a partir de 2,5 dólares por noite. Obrigado pela atenção!!!
Hospedagem: U$5
Para quem vai com seríssimas restrições orçamentárias como eu fui, uma barbada de hospedagem em La Paz é o Alojamento Universo, com diárias de 15 bolivianos. O lugar é muito bom e só tem mochileiros, (do mundo todo). Para quem achar caro, tem o Alojamento Tropical a 10 Bolivianos, é uma biboca, mais cumpre a sua função! Vale a pena viajar para a Bolívia, pois é um país muito menos turístico do que o seu vizinho Peru, o que implica em baixíssimos custos, paisagens e lugares igualmente belos e muita gente do mundo inteiro!!!
Em La Paz, os passeios imperdíveis são Tiahuanako, Chacaltaya e o Vale da Lua.
Passeios Chacaltaya + Vale de la Luna e Tiwanaku Ruínas (pre-inca) 50 bs cada e  + 80 bs de entrada em Tiwanaku.   Fazer o Trekking Chacaltaya - Zongo  Entrada no Chacaltaya custa 15 bolivianos - pagos no local.
U$15
U$10
No final da avenida Ilampu tem bons casacos de fibra por 80 Bs ou 10 U$ !!!  De pluma de ganso só no Shopping Norte e custa U$ 60
Principais pontos:
•    Praça das Armas/Murillo
•    Igreja de São Francisco
•    Chacaltaya é um pico da Cordilheira dos Andes localizado na Bolívia e que possui 5.421m de altitude. Está a cerca de 30 km da cidade de La Paz e muito próximo a Huayna Potosí. O acesso à estação é por uma estrada estreita e bem íngreme, e para se chegar à base é necessário vencer um caminho de 200 m construído na década de 1930. É destino turístico de muitas pessoas todo ano, e a estação propícia para se esquiar é, supreendentemente, o verão, quando a neve está em melhores condições para o esporte.
•    Valle de La Luna : É um sitio arqueológico localizado em La Paz, Bolívia. Que tem o nome devido as formações rochosas aparentaram o solo da Lua.
•    Tiwanaku: (grafias em desuso Tiahuanaco, Tiahuanacu) é um importante sítio arqueológico pré-colombiano situado na Bolívia. Os Tiwanaku formaram uma importante civilização que floresceu nas proximidades do lago Titicaca, sendo por muitos historiadores considerada como precursora dos incas.
Em um dos museus de Tiwanaku, possuem crânios preservados do povo antigo de Tiwanaku, um fato intrigante, é que na civilização Tiwanaku, as crianças que possuíam, inteligência e habilidades superiores as normais, eram escolhidas para serem sacerdotes e sábios, onde desde pequenas recebiam preparação especial, uma delas constituía em uma técnica que se utilizava panos e madeira, que presos à cabeça dessas crianças desde muito pequenas, possibilitavam o aumento do crânio dessas crianças, e eles acreditavam que com isso se tornariam mais inteligentes, com aumento no número de neurônios.
•    Montanhas geladas: Contrate um passeio até La Cumbre que fica a 26 km de La Paz. O passeio leva em torno de 2 horas e poderá ser feito após o retorno de Tiawanaku. Custa US$ 20,00 para 2 pessoas com direito a guia. Poderá ser conseguir belas fotos das montanhas geladas, brincar com o gelo e também das llamas e alpacas que vivem nas alturas.
Rango: U$10
Total: U$50
Dia 20 a noite sair de La Paz e ir para Uyuni

10º Dia: 20/04   – La Paz - Uyuni
Pode ir de ônibus para Oruro e pegar o Trem para Uyuni  Trem:  Terça e Sexta às 15:30 e Domingo e Quarta 19:00  -  Entre US$ 6 e 10.    7 horas de viagem  O valor atual está numa média de 110 bolivianos na classe executivo. 
Agência Top pra fazer o Huayna Potosi é a Andrean Base Camp - Calle Illampu nº 863         A única agência que tem todos os equipamentos top de linha e vc não precisa de nada, pois até óculos escuros eles tem.  U$ 170.00 com todos os equipamentos e carregadores pessoais. 
COMPRAR DIRETO EM UYUNI !! AGÊNCIAS DE LA PAZ COBRAM CARO !!
Não é preciso reservar nada nem trem nem pro Salar !!!
Por isso recomendamos uma operadora (há pelo menos 20 em Uyuni e todas fazem os mesmos tours que saem por pessoa, US$ 20 - ao Salar e Isla del pescado e US$ 70 - 85 - Salar, Isla del pescado, Laguna Colorada, Laguna Verde; um dia e quatro dias, respectivamente). O contrato inclui veículo 4X4, guia/motorista, alimentação, alojamento. Com mais US$ 10 é possível ir à San Pedro de Atacama, no Chile.(Se quiser ir até o deserto chileno, não se esqueça de carimbar no passaporte, a saída da Bolívia em Uyuni).

11º Dia 21/04 - Uyuni – San Pedro

4 dias – Total: 130 U$
Colque tour e Cordillera tour são as melhores agencias
Trem Internacional p/ Calama só sai às 2ª. U$ 12    Passeio que te deixe direto na fronteira do Chile. Depois vc vai de lá para San P. Passeio 3 dias U$ 85.  Trem Oruro Terças e Sextas 15:30h (Expresso del Sur - O Melhor) 101 bs Executivo - 52 bs Salón / Quartas e Domingos 19h (Wara Wara - Pior) 86 bs Executivo  - 40 bs Salón Hotel Avenida - Av.Ferroviaria, 11 Frente Estacion de Trenes U$ 8. Ho
22, 23, 24 – Salar

15° Dia (24/04/2009): San Pedro
San Pedro  (http://www.abbra.com.br/cuzco.htm ) -
25, 26, 27 e 28 a noite , descer para santiago
http://www.mochileiros.com/san-pedro-de-atacama-de-bike-t30805.html
Em San Pedro os passeios legais são:  El Tatio, Valle de la Luna, Lagunas Miscanti y Miñiques. Termas de Puritama são lindas e barato. O melhor de tudo é alugar bike.
Melhor agência é a Tour H2º Calle Caracoles nº 295 Fone 851510.  Bike Trek Original com amortecedores por 5000 pesos de 08:00 às 22:00.  De 08:00 às 12:00 ou de 12:00 às 22:00 custa 3000 pesos.
No meu caso, como tinha vindo do Salar, não senti muita necessidade de fazer passeios em lagoas, geisers e tudo mais. Dei preferencia ao grande passeio autônomo de bike. Bom, bonito e barato !!!
As locadoras cobram 5000 pesos pelo horário de 08:00 ás 22:00hrs. Dá + ou - 10 dólares.
As bikes são quase todas da marca Trek, originais e muito bem conservadas (depende da locadora é claro).
Procurei a H2o que achei ser a melhor, pois além de te darem um bom kit de manutenção que é muito importante, pois se furar um pneu e não tiver...
Eles te dão um mapa e explicam muito bem todos os caminhos.
> Em um dia dá pra fazer: Pucara de Quitor, Cueva del Diablo, Catarpe, Quebrada del Diablo e ainda fazer um tour na cidade.    O mais legal é a Quebrada del Diablo.  O Valle de la Meurte também é legal, mas é sentido oposto dos outros.
Pukara de Quitor - Ruínas bem legais que ficam a 3km da cidade. Bem legal de conhecer.
Cueva el Diablo - Um tipo de caverna de pedra e barro esculpido pela passagem de vento.
Quebrada del Diablo - Literalmente uma estrada natural (formada pelo vento) cravada no meio das pedras e barro. Com certeza o melhor e mais bonito local pra trekking e bike de lá.
Catarpe - Que são algumas poucas ruínas, que ficam em cima de um pequeno morro. A vista é legal, mas o que vale é o passeio, pois não tem nada de mais por lá.
O melhor passeio de todos, se faz em um dia.

Pukara de Quitor - Cueva el Diablo - Volta um pouco e atravessa o rio - Quebrada del Diablo - Catarpe - E segue mais a frente, passa por uma igrejinha e tudo mais.

Quem tiver disposição, pode fazer esse + Valle de la Luna no mesmo dia. De 08:00 às 22:00hrs dá pra fazer isso e muito mais.  O aluguel da bike custa 5000 pesos o dia inteiro.
Volto a dizer... Quebrada del Diablo é o melhor de todos !!
Pode levar calça-bermuda de trekking, casaco em fleece e um anorak legal??
Em San Pedro Atacama há um tour astronômico recém inaugurado que é imperdível, pois além do astrônomo francês animadíssimo é um experiência única, pois ate os anéis de Saturno e as luas de Jupter vemos. O jeep sai as 21.30 do centrinho de S.P.A e cerca de 15 min no meio do nada temos 4 telescópios para nos maravilhar. U$5
Apesar (ou justamente por isso) de ser o centro de uma das regiões mais bonitas do mundo, os preços em San Pedro de Atacama são absurdos! Por sorte, e através de pesquisa, descobri algumas dicas que não constam em guia algum sobre a cidade:
 Hospedagem - Hostal Casa Adobe (Domingo Atienza 582 - Falar com Roberto) quartos limpos, utilização da cozinha e banheiro "repartido" com água quente das 8 às 22h. Preço - US$ 6 (4.200 pesos)/dia. Internet - www.sanpedroatacama.com
U$30
Alimentação - para comprar alimentos para o café da manhã e água, refrigerantes, fuja do centro da cidade. Caminhe pela rua principal - Caracoles - até o fim. Você vai encontrar uma vendinha (mercadinho, boteco, quitanda, armazém) onde tudo é mais barato.

> Agencia de Turismo - Atacama Explorer (Tocopilla 418c - Falar com Manuel). Se você for ficar alguns dias em San Pedro, vale a pena fechar um pacotão de passeios com o Manuel. Em agosto/2003, fechei 4 passeios (Valle de la Luna/Muerte, Lagunas Altiplanicas, Pueblos, Geiseres de El Tatio) mais o transfer de San Pedro para Calama e paguei apenas 70 dólares (48.000 pesos) por tudo.
> Cosmo Andino, fale lá com a Marcela, uma simpática guia super alto astral que além do mais é nativa da região e conhece tudo sobre o lugar e sua história. U$30
Acesso à Internet - Entel (Na praça, ao lado da Igreja de San Pedro), todos os lugares que oferecem internet na Caracoles (rua principal), cobram 1.000 pesos por hora para acesso discado. Na Entel, o preço é 800 pesos/hora e tem o único computador com Banda Larga da cidade. Ao entrar na salinha dos computadores, o que tem banda larga é o da esquerda.
Existem também outros fatores que são de grande importância para quem pretende adentrar o deserto, como sempre levar no mínimo uma garrafa grande de água "sempre" sem gás, um bloqueador solar "fps 30 no mínimo", calçados usados de cano alto para evitar a entrada tanto de areia quanto do frio que rola na noite e ao amanhecer no deserto, óculos de sol, chapéu e para os que pretendem conhecer os gêisers, atração imperdível aconselho, além de ir dormir cedo, comer na noite anterior ao tour, somente algo leve sem carne e evitar bebidas alcoólicas pois os gêisers se situam a mais de 3.000 metros de altitude e os menos prevenidos podem vir a sentir na pele os efeitos do amanhecer gelado nas alturas.
             Rango: U$30
Sair dia 28 a noite do Atacama
24hs de viagem até Santiago
Tur Bus) até Calama, distante cerca de 24 horas da capital, exigindo um tipo de transporte com acomodação mais confortável motivo pelo qual sugeri a empresa acima, a qual dispõe de 4 classes de veículos, fiz o trajeto na classe "salon cama" no qual recebi, já incluído no valor do ticket, café da manhã, almoço, janta e ainda um prestativo e simpático serviço de bordo que mesmo não diminuindo o tempo da viagem, fez com que ela com certeza, fosse mais agradável e consequentemente menos cansativa.
46.000 Premium ~U$70
Total: U$170
20º 29/04 –  Santiago – a noite
    30 -> 2 noites Santiago
    21º -> back to home

Dia 01/05 tem estar no aeroporto as 5h30 da matina, derrepente compensa ir direto da balada e economizar albergue!!!
Ônibus Turbus a Viña del Mar 5.800 Ida e Volta                                 
Endereço: EcoHostel Rua General Jofré 349B (O Melhor Hostel de Santiago). http://www.ecohostel.cl/index_.htm
15 USD -> Dia
Almoçar no mercado municipal - Peixe US$ 3.
 Estação de ski mais barata e bem legal é El Colorado.  Bus próprio da estação sai da Tenda Omnium - Av. Apoquindo 4900 local 48 - Las Condes (mesma galeria da Ski Total). Descer na estação do Metro ''Escuela Militar'' seguir na Av. Apoquindo sentido Av. Las Condes, a galeria fica pouco depois da Calle Puerta del Sol.  O minibus ida e volta a El Colorado custa 5500 pesos. Na Ski Total custa 9000. 
ATENÇAÕ !! Ao contrario do que dizem, esquiar no Chile é muito mais barato e melhor que na Argentina. Los Penitentes (Arg) U$ 60.00  El Colorado (Chile) U$ 51.00.  Os valores incluem: Tranporte, Ticket da estação de esqui, Equipamento completo de esqui ou snowboard.  Nunca ir final de semana nas estações do Chile, pois é o dobro do preço.
http://www.see-southamerica.com/video/Programas%20alrededor%20de%20Stgo.htm
    Total: U$100
Hospedagem U$ 30,00
                Passeio: U$ 50,00
                Rango: U$10,00
        Taxi: U$ 20
Orçamento Total: ~ U$540 + 240R$
R$1500,00

Roteiro Alternativo
6° Dia (17/04/2009): Santa Cruz de la Sierra – La PazCochabamba  - saida dia 16 a noite, chegada 17/04

Principais pontos:
•    Morro San Sebastian: A melhor vista de Cochabamba. Enquanto uma bandinha toca grandes sucessos do cancioneiro boliviano, é possível apreciar um picolé de plátano (ou banana) enquanto curte-se todo o visual dos Andes. Diversos monumentos históricos estão espalhados pelo local. Ótimo local para fotografias de paisagens. (Ao lado da Rodoviária)
•    Feiras livres de comida e artesanato:
•    Plaza 14 de Setiembro: Um dos principais pontos turísticos da cidade: a Mansão de Simon Patiño, magnata boliviano, rei do estanho e uma das inspirações para a criação do Tio Patinhas, da Disney. Vale a pena também visitar o jardim da mansão e o Museu de Arte Boliviana, que fica ali ao lado. Opte pelo passeio com guia, bem instrutivo e interessante. Aproveite para tirar fotos do lado de fora porque do lado de dentro não pode.
Hoteis:
•    Hostal Central  Calle General Acha (a uma quadra da Plaza 14 de Setiembre)
Obs.: As passagens em Cochabamba não são vendidas com antecedência. Para comprar o ticket para La Paz é preciso chegar algumas horas antes e escolher uma entre as muitas opções de empresas de viação. Como são todas parecidas entre si, escolha pelo melhor preço.
Prepare-se bem para a viagem para La Paz, principalmente se for viajar pela noite. Muito casaco, luvas, gorros .
A viagem dura seis horas de muita subida de serra, curvas absurdas e altíssimas, no melhor estilo montanha russa andina. Você enjoa fácil? Então coma pouco (resista com toda força à hamburguesa da rodoviária!), tome algum medicamento como Dramin e tente dormir.

Seguir para La Paz  no mesmo dia 17 a noite
E por falar em rodoviária, as passagens em Cochabamba não são vendidas com antecedência. Para comprar o ticket para La Paz é preciso chegar algumas horas antes e escolher uma entre as muitas opções de empresas de viação. Como são todas parecidas entre si, escolha pelo melhor preço. Nós embarcamos em uma flota El Dorado, a mesma que havia nos trazido até lá.

Prepare-se bem para a viagem para La Paz, principalmente se for viajar pela noite. Muito casaco, luvas, gorros e até uma ceroulinha por baixo são itens recomendados. Dependendo do mês (julho, principalmente), pode estar até nevando na capital boliviana.

A viagem dura seis horas de muita subida de serra, curvas absurdas e altíssimas, no melhor estilo montanha russa andina. Você enjoa fácil? Então coma pouco (resista com toda força à hamburguesa da rodoviária!), tome algum medicamento como Dramin e tente dormir.

5 comentários:

André disse...

Olá amiga

Muito legal sua trip.....estou planejando conhecer o Peru e a Bolívia e gostaria de algumas dicas sobre a Bolívia, por favor se pudesse me passar seu e-mail ou msn agradeceria..abraços
André/Maringá
marqueal@hotmail.com

Felipe disse...

Oi Neli, muito bacana sua trip hein !!!

Já fui pro Peru em 2008, este ano fiquei um mes na argentina e estava pensando em ir para o chile e bolivia como vc fez...

Vc tem como me add no msn? felipe_pendragon@hotmail.com para pegar algumas dicas e tudo mais?

Obrigado e Feliz 2011 :)

Fábio Barbo disse...

Neli, que legal seu relato, as dicas! Obrigado por compartilhar! Você foi sozinha?

Abraços

Neli Gatinha disse...

oi Fábio, fui com um amigo do trabalho a metade do trajeto, até a Bolívia, a outra metade fui sozinha. A parte do Chile... desculpe a demora pra responder =)

Neli Gatinha disse...

oi Bruna,

Seguinte...levou 4 dias porque eu fechei o pacote de 4 dias no passeio de 4x4 pelo salar/deserto do atacama.

Como o passeio termina perto da fronteira eu optei por ir para San Pedro ao inves de voltar para Uyuni; Mas quem opta por voltar, leva umas 6 horas +-.

Não sei se tem trem de Uyuni pra San Pedro, acho que só bus mesmo;
Mas vale a pena fazer esse passeio de 4 dias nesse sentido Bolivia > Chile

1) vc vai aclimatando com a altitude aos poucos

2) é mais barato sair da Bolivia do que do Chile (embora seja mais precário tb)

3) Como vc vem do passeio pelo salar/atacama, vc já passa por muitos lugares que tb tem disponível pra quem está em San Pedro (são justamente os passeio mais caros de San Pedro), então vc chega a San Pedro para conhecer o que está mais próximo de lá e do Chile mesmo. Foi o que eu fiz.
:-)

Entre em contato qdo voltar, se quiser faz um post que eu publico aqui!
bjs